quinta-feira, 8 de novembro de 2012

Como eu identifico futuros pastores/presbíteros na congregação?


Como eu identifico futuros pastores/presbíteros na congregação?

Como vimos na aula sobre Liderança Bíblica do Gilson Santos, ministrada no Curso Fiel de Liderança, “o conceito neotestamentário de pastor não é o de uma pessoa que conserva a totalidade do ministério nas suas próprias mãos”. Sendo assim, reconhecer novos pastores e anciãos é essencial para o ministério pastoral. O artigo abaixo fornece um parâmetro inicial para a identificação de futuros candidatos.
Por Brian Croft
Eu recebo esta pergunta e outras como ela a todo tempo. Com um movimento para estabelecer uma pluralidade de pastores/presbíteros em ascensão, a resposta para esta pergunta se tornou muito mais importante e relevante. Por terem os pastores de nossa igreja acabado de indicar dois homens a serem considerados para se tornarem pastores, o processo de identificar estes homens está bem fresco na minha mente. Portanto, aqui estão três evidências para buscar quando você esquadrinha os homens de sua congregação e se pergunta quem o Senhor está levantando para servir como pastor ao lado dos outros pastores da igreja:

Encontre homens que funcionam como pastores sem o título ou o reconhecimento

Este é provavelmente o conselho mais útil que eu recebi sobre o assunto. Identificar pastores em seu meio não se trata de encontrar aqueles que pensam que deveriam ser pastores, mas aqueles que simplesmente são pela maneira que eles já cuidam da congregação. Eles pastoreiam as pessoas sem o título. Eles cuidam dos feridos sem se preocupar se seus esforços são notados. Eles disciplinam a outros porque eles almejam ver frutos espirituais em suas vidas. Eles ensinam e pregam a Palavra de Deus com gratidão quando lhes é pedido e nunca exigem tal como se fosse um direito. Principalmente, a congregação olha para eles como para um pastor.

Encontre homens que assumam o jugo pastoral, ainda que ele não lhes tenha sido imposto

Um dos sinais de afirmação para mim com esses dois irmãos que foram indicados recentemente em nossa igreja, foi sua presença e comportamento em uma reunião pastoral recente. Quando as correntes caíram de seus olhos e eles viram as necessidades pessoais da congregação que eram desconhecidas a eles quando as compartilhamos e oramos por elas, eu observei o jugo cair sobre seus corações quando eles consideraram as implicações de “prestar contas das almas”. Eles não foram aceitos pela congregação ainda, mas o jugo crescente deles pelas pessoas estava inegavelmente presente e foi muito encorajador para mim e meus colegas pastores confirmar que eles estavam prontos para a tarefa.

Encontre homens que pastoreiem suas famílias como um pastor deveria pastorear o povo de Deus

Um membro de nossa igreja fez a seguinte profunda observação durante nossa recente discussão pública sobre estes dois potenciais pastores: “Se ele se importa conosco com metade da fidelidade que ele se importa com sua família, nós seremos bem cuidados.” O cuidado de sua família não apenas é uma exigência para servir como pastor/presbítero (1Timóteo 3:4), mas também um útil medidor do tipo de pastor da igreja que ele será.
Independentemente de onde você encontra a si mesmo e sua igreja neste processo, olhe à volta. Quem está ensinando a Palavra de Deus humildemente e fielmente? Quem está discipulando a outros? Quem são os homens ao redor de quem sua igreja gravita para conselho? Quer sua igreja tenha estabelecido uma pluralidade de pastores/presbíteros ou não, procure por estes homens. Eles serão aqueles sobre quem você deve manter os olhos atentos enquanto você ora e busca os futuros pastores de seu povo.
Por Brian Croft. Brian é o pastor presidente da Auburndale Baptist Church, em Louisville, Kentucky. Além de contribuir com o blog 9Marks, Brian também escreve regularmente em seu próprio blog no endereço www.practicalshepherding.com. Brian é casado com Cara, e eles têm quatro filhos.
Extraído do site www.9marks.org. Copyright © 2012 9Marks. Usado com Permissão. Original: Identifying Future Pastors/Elders in the Congregation.
Tradução: Alan Cristie, cedido gentilmente – Editora Fiel © Todos os direitos reservados.


Divulgação:




Um comentário:

  1. Pede para ele orar. Se começar com "Ó Pai" tem grande chance de ser um vocacionado.

    ResponderExcluir